Menu
Fazenda Pacu 240122

Polícia investiga padre por suspeita de abuso sexual em Contagem

A Polícia Civil investiga mais um padre na região metropolitana de Belo Horizonte por suspeita de abuso sexual. O inquérito analisa possíveis crimes cometidos pelo padre Bernardino Batista dos Santos, da paróquia Cristo Rei, no bairro Amazonas, em Contagem.

Foto ilustrativa/Reprodução: InternetFoto ilustrativa/Reprodução: Internet

Os abusos teriam acontecido há, pelo menos, 20 anos, quando ele era pároco da Igreja Santa Luzia, no bairro Paraíso, em Belo Horizonte. A advogada Ana Carolina Campos Oliveira acompanha as vítimas. "Eu fui procurada por uma das vítimas na semana passada. A partir disso, inúmeras vítimas começaram a me procurar", conta.

Conforme advogada, as vítimas relataram similaridades nos abusos. "A maioria delas tinha entre sete e oito anos. Existem fatos muito antigos, que iniciaram na década de 80, e existem fatos recentes".

Após as denúncias, a arquidiocese de Belo Horizonte afastou o padre. Em nota, a Comissão Arquidiocesana para a Proteção de Crianças, Adolescentes e Vulneráveis de Belo Horizonte disse ter aberto processo de apuração interno. Segundo a Polícia Civil, o procedimento está sob sigilo.

Outro caso na Grande BH

Em Santa Luzia, também na Grande BH, o padre José Carlos Pereira, da paróquia do bairro São Benedito, é investigado pela polícia por abuso sexual. Ele foi denunciado por fiéis e funcionárias do colégio de propriedade do padre.

As vítimas relataram terem sofrido abusos sexuais há anos. O religioso é suspeito de passar a mão nas partes íntimas das mulheres e beijá-las na boca. Após as denúncias, o padre foi afastado das atividades da igreja. A previsão é que o inquérito seja finalizado até semana que vem.

Com Itatiaia




Publicidade

Links patrocinados MGID