Menu

Sete Lagoas > Notícias > Esportes

Atlético vence o Juventude e entra novamente no G4 do Brasileirão

  • Categoria: Esportes

Em tarde de atuação correta no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Atlético venceu o Juventude por 2 a 1, neste sábado (2) e chegou aos 27 pontos, se aproximando do líder Palmeiras, que tem 29 pontos e está na posição mais alta da tabela Série A do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo na partida foram marcados pelos atacantes Hulk e Eduardo Sasha.

Foto: Pedro Souza/AtléticoFoto: Pedro Souza/Atlético

O Atlético deixou uma boa apresentação no Sul do país. Com boa consistência defensiva na maior parte do duelo e letalidade ao subir ao ataque, o time mineiro fez por merecer a vitória diante do Juventude e subiu da 5ª para a 3ª colocação no Brasileirão.

O próximo compromisso do Atlético tem caráter de decisão. Na terça-feira (5), às 19h15, o Galo recebe o Emelec no Mineirão, em Belo Horizonte, para o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

No duelo de ida, no Equador, as equipes empataram em 1 a 1. Sendo assim, o time de "El Turco" Mohamed precisa de uma vitória no Gigante da Pampulha para avançar às quartas de final. Em caso de novo empate, a decisão da vaga ocorrerá nos pênaltis.

O jogo

Logo no primeiro minuto, o Atlético chegou com perigo. Com uma pressão alta eficiente, a equipe retomou a bola na intermediária, e Calebe foi acionado pela direita. O jovem bateu de fora da área, colocado, obrigando boa defesa do goleiro César. O Juventude respondeu em contra-ataque rápido, que terminou com finalização de Chico para fora.

O decorrer do primeiro tempo revelou um cenário de posse de bola dividida, com um protagonismo um pouco maior do Galo. Quando tinha a posse, o Atlético encarava um Juventude com linhas mais baixas e buscava movimentações dos homens de frente para desestruturar o adversário. Sem a bola, o time mineiro tinha gatilhos para subir a marcação e buscava incomodar a saída de bola da equipe gaúcha.

Em virtude do bom trabalho defensivo de ambas as equipes, o jogo tinha poucas chances de gol. Aos 27 minutos, Igor Rabello deu belo lançamento longo para acionar Ademir em profundidade. O velocista do Atlético largou na frente e foi empurrado por William Matheus dentro da área. A arbitragem assinalou pênalti. Hulk cobrou com categoria e abriu o placar: 1 a 0.

Após o gol, o Juventude se lançou imediatamente ao ataque em busca do empate. O Galo até cedia alguns espaços na intermediária, mas contava com uma partida eficiente da linha defensiva para evitar grandes oportunidades do time gaúcho. O novo cenário do jogo proporcionava mais espaços para o Atlético contra-atacar, especialmente com Hulk, mas as iniciativas alvinegras não deram resultado.

Segundo tempo

No intervalo, Turco promoveu a entrada do volante Otávio na vaga do atacante Ademir. Na nova configuração com a dupla de volantes, Calebe foi aberto pela esquerda e Eduardo Vargas aberto na direita, com Sasha e Hulk seguindo por dentro.

Aos 4 minutos, o Atlético criou sua primeira boa chance. Após roubada de bola de Allan no meio, Hulk arrancou e acionou Sasha com liberdade na área. O atacante teve dificuldades para dominar e perdeu tempo no lance, finalizando para defesa de César.

Aos 10 minutos, mais um gol do Galo. Hulk arrancou pela esquerda e fez linda jogada individual em contra-ataque. O camisa 7 deu belo cruzamento para Vargas, que, com inteligência, ajeitou para Sasha na pequena área. O atacante só teve o trabalho de empurrar para as redes: 2 a 0.

Pouco depois do segundo gol, Turco promoveu as entradas de Nacho e Rubens nas vagas de Calebe e Vargas, respectivamente. Com absoluto controle do jogo, o Atlético priorizava a proteção da própria área e seguia buscando espaços nos contra-ataques. Na defesa, Réver e Igor Rabello se destacavam com intervenções pontuais.

Aos 30 minutos, o Juventude descontou. Moraes aproveitou rebote e chutou de fora da área. Ele ainda contou com desvio em Réver para balançar as redes: 2 a 1. Logo após o tento, Mariano entrou na vaga de Eduardo Sasha no Galo.

O cenário mudou depois do gol jaconero. O Atlético reassumiu o controle da posse de bola com postura elogiável, se defendendo ao manter a bola nos pés. Nos acréscimos, Turco ainda promoveu a entrada de Fábio Gomes na vaga de Hulk para ganhar tempo. Com atuação convincente, o Galo voltou a somar três pontos no Brasileirão e assumiu a vice-liderança.

JUVENTUDE 1x2 ATLÉTICO

Juventude

César; Rodrigo Soares, Thalisson, Rafael Forster e William Matheus (Moraes); Yuri, Jadson e Óscar Ruiz (Edinho); Chico (Isidro Pitta), Capixaba (Paulo Henrique) e Ricardo Bueno.
Técnico: Umberto Louzer

Atlético

Everson; Guga, Igor Rabello, Réver e Arana; Allan, Calebe (Nacho Fernández) e Eduardo Sasha (Mariano); Ademir (Otávio), Vargas (Rubens) e Hulk (Fábio Gomes).
Técnico: "El Turco" Mohamed

Motivo: 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data: sábado, 2 de julho de 2022, às 16h30
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA) (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA) (SP)

Gols: Hulk (Atlético, aos 29' do 1°T), Sasha (Atlético, aos 10' do 2°T); Moraes (Juventude, aos 30' do 2°T)
Cartões amarelos: William Matheus, Yuri (Juventude); Mariano (Atlético)

da Redação com Superesportes

Links patrocinados MGID