Menu

Polícia pede quebra de sigilo para apurar se sobrinha do 'Tio Paulo' pegou empréstimo em outras agências

A Polícia está averiguando se Érika de Souza Vieira Nunes, parente de um idoso levado já sem vida a uma agência bancária para retirar R$ 17 mil, tentou obter empréstimos em outros três bancos distintos.

Fábio Luiz da Silva Souza, delegado responsável pela 34ª DP (Bangu), informou que solicitará à Justiça do RJ a quebra do sigilo bancário de Paulo Roberto Braga, de 68 anos.

Foto: Reprodução Redes Sociais G1Foto: Reprodução Redes Sociais G1

O acesso a informações e ao histórico bancário da vítima, incluindo dados pessoais, movimentações financeiras, saldos, extratos e investimentos, auxiliará na construção de um perfil de Paulo Roberto.

Ele declarou: “Dentro do shopping, tem uma sequência de imagens, que ali também ele já aparenta estar morto. E ainda assim, ela pegou a cadeira de rodas e foi para dentro do banco com o objetivo de tirar o dinheiro que lá estava, tentando levar todo mundo ao engano, porque ela segurava a cabeça dele e fingia conversar com ele".

Érika está detida por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver. Sua defesa argumenta que o idoso chegou ao banco ainda com vida.

Durante a audiência de custódia, a juíza Rachel Assad da Cunha classificou a ação como "repugnante e macabra" e converteu a prisão em flagrante em preventiva.

O sepultamento de Paulo Roberto ocorrerá neste sábado (20) no Cemitério de Campo Grande. O horário ainda não foi estabelecido.

Nesta quinta-feira (18), a advogada que representa Érika apresentou um pedido de habeas corpus, na 2ª Vara Criminal de Bangu, para que ela possa responder em liberdade durante as investigações.

A defesa alega que Érika tem uma filha de 14 anos que necessita de cuidados especiais. “A ora acusada é pessoa íntegra, idônea de bons antecedentes, não pretende se furtar à aplicação da lei penal, nem atrapalhar as investigações, já que possui residência fixa”, afirma um trecho do documento.

Os advogados da mulher defendem que “a prisão preventiva não é justa” porque Érika “sempre se pautou na honestidade e no trabalho”.

No pedido de habeas corpus, a defesa ressaltou ainda que “não existem mais fundamentos para a manutenção da prisão” da dona de casa, “uma vez que os indícios se baseiam apenas em um clamor público de que Érika havia levado um cadáver até o banco para tentar aplicar um golpe do empréstimo, o que não é verdade”.

Foi revelado que Paulo Roberto aparece vivo internado com pneumonia na UPA de Bangu em fotos às quais o g1 teve acesso. Na última segunda-feira (15), ele recebeu alta da unidade.

da redação com G1

Clique e siga as redes sociais do SeteLagoas.com.br para ficar bem informado: InstagramTwitterThreadsYouTubeTikTok e Facebook

Receba as notícias do SeteLagoas.com.br via Whatsapp AQUI



Publicidade

+ Polícia

Homem é baleado cinco vezes em tentativa de homicídio em Matozinhos

Homem é baleado cinco vezes em tentativa de homicídio em Matozinhos

Um homem foi vítima de tentativa de homicídio na noite de terça-feira (28), no bairro Florestal, em Matozinhos. A ví...

Pai e filha quase são mortos em Sete Lagoas; tia é principal suspeita

Pai e filha quase são mortos em Sete Lagoas; tia é principal suspeita

Uma adolescente de 17 anos e seu pai, de 40 anos, foram vítimas de uma tentativa de homicídio na última segunda-feira...

EXCLUSIVO: viúva de Hudson Maldonado quebra o silêncio após crime que chocou Sete Lagoas

EXCLUSIVO: viúva de Hudson Maldonado quebra o silêncio após crime que chocou Sete Lagoas

Pela casa onde moravam Hudson Maldonado (morto no último dia 22 de maio) e a advogada Bruna Santana, se vê uma rastro ...

Homem é baleado duas vezes na rodoviária de Lagoa Santa

Homem é baleado duas vezes na rodoviária de Lagoa Santa

Na manhã de domingo (26), um homem foi baleado na Rua Acadêmico Nilo Figueiredo, no centro de Lagoa Santa, próximo à...

VÍDEO: Investigadora da Polícia Civil é suspeita de matar cunhado em festa de família em Sete Lagoas

VÍDEO: Investigadora da Polícia Civil é suspeita de matar cunhado em festa de família em Sete Lagoas

Uma investigadora da Polícia Civil é suspeita de ter matado seu próprio cunhado a tiros durante um almoço de famíli...

Homem se revolta com cobrança de pensão, atira na ex e agride duas mulheres em Sete Lagoas

Homem se revolta com cobrança de pensão, atira na ex e agride duas mulheres em Sete Lagoas

Um homem de 34 anos está sendo procurado pela Polícia Militar (PM) após invadir a casa de sua ex-companheira, de 26 a...

URGENTE: Suspeito de assassinato do ex-delegado Hudson Maldonado se apresenta à Polícia em Sete Lagoas

URGENTE: Suspeito de assassinato do ex-delegado Hudson Maldonado se apresenta à Polícia em Sete Lagoas

O suspeito do assassinato do ex-delegado de Polícia Civil e advogado em Sete Lagoas, Dr. Hudson Maldonado, se apresento...

Adolescente de 17 anos é apreendido por suspeita de matar tio em Lagoa Santa

Adolescente de 17 anos é apreendido por suspeita de matar tio em Lagoa Santa

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite de quinta-feira (23) suspeito de matar a tiros o próprio tio, de 41 a...

Polícia Civil confirma linha de investigação sobre o assassinato de Hudson Maldonado

Polícia Civil confirma linha de investigação sobre o assassinato de Hudson Maldonado

A Polícia Civil de Sete Lagoas confirmou, em nota enviada para a imprensa nesta quinta-feira (23), a linha de investiga...

Investigador expulso da Polícia Civil é principal suspeito do assassinato de ex-delegado em Sete Lagoas; veja BO na íntegra

Investigador expulso da Polícia Civil é principal suspeito do assassinato de ex-delegado em Sete Lagoas; veja BO na í…

O principal suspeito do assassinato de Hudson Maldonado é um ex-investigador da Polícia Civil que foi expulso da corpo...