Logo

Democrata apresenta elenco neste final de semana / Coluna / Álvaro Vilaça / Tempo Esportivo

O Democrata iniciou as atividades com o seu elenco principal visando a disputa do Campeonato Mineiro do Módulo II, cujo início está previsto para o dia 27 de abril.

Foto: Divulgação/DFCFoto: Divulgação/DFC

Além de exames, testes físicos, assinatura de contratos e negociações com vários atletas que ainda estão por vir nesta temporada, a diretoria do Jacaré confirmou a apresentação do elenco para o próximo final de semana. Até o momento, nenhum nome foi anunciado, oficialmente.

É isso mesmo, o Democrata divulgou que fará o "Arena Day" em Sete Lagoas, um evento gratuito com várias programações na Arena do Jacaré, neste sábado, 26 de Março, de 13 às 20 horas. Veja a programação completa:

  • 1º Torneio de Futvolei @espetbetoficial
  • Food Truck
  • Beer Truck
  • Espaço Kids
  • Amistoso Democrata Master
  • Shows
  • Jogos Eletrônicos @democrataesports
  • Apresentação do Elenco 2022
  • Apresentação Uniforme 2022

Com 12 times na disputa, a primeira fase do Módulo II será realizada em turno único, com os melhores colocados se classificando para o hexagonal final. Nesse hexagonal final, os duelos serão realizados em jogos de ida e volta. Ao final do campeonato, os dois primeiros colocados se classificam para a elite do futebol mineiro na próxima temporada. Portanto, para conseguir o acesso, o Jacaré terá que entrar em campo 21 vezes ao longo da competição.

A primeira fase do Módulo II do Campeonato Mineiro termina em 11 de junho, com o hexagonal final começando uma semana depois e se encerrando no dia 30 do mesmo mês.

Veja os jogos da primeira rodada:

Varginha x Uberaba

Tupynambás x Boa Esporte

Coimbra x Nacional

Betim x Democrata

Aymorés de Ubá x União Luziense

Ipatinga x Tupi

O primeiro jogo do Democrata, em casa, nesta edição do Módulo II está previsto para um sábado, 30 de abril, diante do Varginha, às 15:30, na Arena do Jacaré.

Tempo Esportivo

1º Tempo

O impacto dos títulos nacionais do Atlético na reta final de 2021 é claro. A torcida do Galo aumentou e, hoje, há um empate técnico com o maior rival Cruzeiro em Minas Gerais. Em Belo Horizonte, entretanto, os atleticanos são maioria com vantagem considerável: 41%, contra 32% do Cruzeiro, 5% de outros times, e 22% de indiferentes.

Os dados são do Doxa, instituto de pesquisa de Minas, fundado em 1996, e que realizou as entrevistas em uma população maior de 16 anos residente no estado. O resultado é um crescimento da torcida do Galo, alavancado pelo resultado esportivo. Há margem de erro de 1,8% para mais ou para menos.

Em novembro de 2020, o Atlético tinha 18% da preferência dos entrevistados em toda Minas Gerais na amostragem, contra 27% do Cruzeiro. Em novembro de 2021, a torcida do Atlético pulou para 19%. Vieram os troféus do Brasileiro e da Copa do Brasil. Então, os atleticanos passam a ser 23%, mesma porcentagem da Raposa.

O recuo da torcida do Cruzeiro na pesquisa também é um reflexo do que se viu em campo. O clube celeste vai para a terceira edição seguida da Série B, com expectativa de sair da segunda divisão após a inserção de Ronaldo Fenômeno na gestão.

Na Região Metropolitana de BH, são 35% de torcedores do Atlético, contra 32% do Cruzeiro, nos números da pesquisa Raposa leva vantagem em relação ao rival em seis regiões mineiras: Jequitinhonha (37% x 15%), Norte de Minas (35% x 19%), Oeste de Minas (35% x 20%), Vale do Rio Doce (30% x 22%), Vale do Mucuri (19% x 15%), e Noroeste de Minas (17% x 15%). Já o Galo ganha a disputa em Campos dos Vertentes (23% x 14%), Sul/Sudoeste (23% a 11%), e há empate na Zona da Mata e Triângulo/Vale do Paranaíba.

2º Tempo

Haja coração! No início desta semana, Ronaldo Fenômeno afirmou que não irá desistir de adquirir os 90% das ações da SAF do Cruzeiro. Mas ressaltou que a decisão não depende somente dele, mas também do conselho deliberativo, que irá votar sobre as exigências impostas pelo atual gestor do futebol celeste.

A reunião está marcada para o dia 04 de abril, às 17h30 e tem em pauta a votação sobre a passagem das Tocas I e II para a Sociedade Anônima do Futebol (necessitando de 90% de aprovação dos conselheiros), recuperação judicial, e a exploração das atividades relacionadas ao futebol do clube.

Ronaldo propõe assumir a dívida tributária do clube e o acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), cujos atrasos superam os R$ 5 milhões, em troca de possuir a propriedade das Tocas da Raposa I e II.

O Fenômeno, que está na Espanha, e deverá voltar ao Brasil no começo de abril, antes da reunião no conselho deliberativo, afirmou que tem trabalhado bastante na reconstrução do clube mineiro e que o potencial de retomada ao protagonismo do futebol brasileiro é imenso.



Publicidade

© Copyright 2008 - 2022 SeteLagoas.com.br - Powered by Golbe Networks