Menu

Paulo Guedes foi convencido por Bolsonaro a não sair do governo, diz jornal

O jornalista Vicente Nunes, do Correio Braziliense, divulgou nesta sexta-feira (22) que o 'ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu demissão do cargo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O pedido foi feito na quinta-feira (21) durante uma pesada discussão entre o ministro e o presidente. Guedes falou muitos tons acima do normal e disse que não aceitaria as manobras feitas pelo governo,  à sua revelia, para furar o teto de gastos a fim de bancar o Auxílio Brasil  de R$ 400.'

Ainda segundo o texto, 'o pedido de demissão de Guedes foi confirmado por quatro interlocutores ouvidos pelo Blog. Foi feito logo depois de o ministro ser comunicado por quatro auxiliares de que não ficariam no governo diante da farra fiscal para tentar reeleger Bolsonaro.'

"Guedes está se sentido desmoralizado, segundo amigos próximos. Não está descartada que a sua demissão seja formalizada nesta sexta-feira (22/10) ou ao longo da próxima semana. O ministro diz que chegou ao limite, pois as mudanças propostas pelo governo para o teto de gastos são inaceitáveis", diz Vicente.

Da redação com Correio Braziliense




Publicidade

Links patrocinados MGID