Menu

Para Caramelo, cidade pode eleger dois estaduais e um federal se não lançar caminhão de candidatos

Após o último mandato de Márcio Reinaldo como Deputado Federal, há mais de uma década, Sete Lagoas vêm amargando a falta de um representante no congresso nacional. Com o período eleitoral de 2022 à vista, as movimentações já acontecem nos grupos políticos e nas redes sociais. Neste sentido, a necessidade de união dos agentes políticos tem ganhado força, analisou o ex-vereador e atual presidente da FUMEP, Cláudio Caramelo.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

“Acho que a cidade tem que ter bom senso e voltar a eleger um deputado federal e dois estaduais. Quem tem intenção, deve colocar o nome para apreciações políticas, mas temos que ter cautela para não haver um caminhão de candidato”, afirmou Caramelo, em entrevista concedida à TV Sete Lagoas.

“Espero que a maioria pense no coletivo, porque, às vezes, a pessoa sabe que não tem chance, mas quer colocar o nome para ser conhecido, porém, este não é o momento de experimentar, porque estamos perdendo oportunidade de unir força em um nome que tenha, de fato, capacidade de agregar votos, capacidade de liderança. Cada deputado federal tem 20 milhões de emendas por ano e estadual na faixa de 10 milhões. Esse dinheiro direcionado para nossa região irá atender muitas demandas reprimidas da população”, finalizou.

Com Plantão Regional 24h





Publicidade

Links patrocinados