Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

Corpo de idoso é encontrado em decomposição sentado na frente de TV ligada

  • Categoria: Polícia

O corpo de um idoso foi encontrado em uma cadeira de um sítio em frente a uma televisão que estava ligada na cidade de Itanhomi, na região Rio Doce, em Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, o corpo da vítima, identificada como Adeide Victor de Laia, de 72 anos, estava só de cueca e em processo de decomposição, sem sinais de violência. Os policiais não souberam informar quantos dias estaria no local.

Duas espingardas foram encontradas no sítio onde o corpo foi localizado. — Foto: Divulgação PMMGDuas espingardas foram encontradas no sítio onde o corpo foi localizado. — Foto: Divulgação PMMG

Na casa, uma bomba d'água estava em funcionamento, escorrendo água pelo quintal. Segundo os militares, o vazamento da água foi o que motivou a ida das equipes ao local. Populares escutaram o barulho e ao tentarem contato com o idoso, chamando pelo nome, não foram atendidos. Foi então que um destes moradores decidiu entrar na casa e encontrou o corpo do homem na cadeira. Imediatamente, ele acionou a Políca Militar.

Após constatar o óbito, os militares saíram a procura de familiares do idoso e localizaram uma mulher que conhecia o homem. Ela foi com os policiais até o local e informou que o sítio onde ela morava pertencia a uma outra pessoa. Este foi informado da morte do idoso e orientado a recolher os pertences, encaminhando aos familiares da vítima. O médico de plantão de um dos postos de saúde da Prefeitura foi até a casa e assinou o atestado de óbito. O corpo foi removido por uma funerária da cidade.

Os militares fizeram a vistoria da casa e não encontraram nenhum sinal de arrombamento no imóvel. Próximo a cadeira onde o idoso estava, apenas a carteira e uma pequena quantia em dinheiro foram localizadas. Na residência, duas espingardas, do tipo chumbeira, foram encontradas pelos policiais. Segundo os populares relataram aos militares, as armas pertenciam ao homem. Elas foram apreendidas e encaminhadas para a Delegacia da cidade.

Com O Tempo 

 

Idosa pula catraca para fugir de briga entre motorista e passageiro dentro de ônibus

  • Categoria: Polícia

Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra uma mulher assustada pulando a catraca de um ônibus da linha 202 (Estação Vila Oeste/Nova Cintra) durante uma briga envolvendo o motorista e um passageiro. O caso aconteceu no bairro Nova Gameleira, Região Oeste de Belo Horizonte, na manhã de segunda-feira (8).

Vídeo registra momento em que idosa pula a catraca — Foto: Redes sociaisVídeo registra momento em que idosa pula a catraca — Foto: Redes sociais

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), um estudante se recusou a pagar a passagem, e o motorista não aceitou que ele continuasse o percurso. Então, a briga começou. Eles trocaram empurrões, socos e chutes.

Apavorada, a mulher que estava em um dos assentos preferenciais não se hesitou e, em questão de segundos, pulou a catraca.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) afirmou que a "orientação para os profissionais condutores é de realizar a cobrança da tarifa, desde que não tenha nenhuma ameaça ou risco a sua integridade. Em caso de agressão, verbal ou física, o profissional é orientado a acionar as forças de segurança Pública para intervir".

Disse também que, neste caso específico, "nitidamente o motorista é ameaçado e agredido", quando cobra o valor do usuário.

"O SETRABH se solidariza com o nosso profissional, vítima deste crime covarde, e está envidando todos os esforços para que tal atitude seja punida pela aplicação das penas previstas no Código Penal, bem como envidando os esforços para que não haja mais repetição desta cena criminosa e lamentável".

As cenas foram gravadas pelas câmeras de segurança do coletivo. A empresa vai registrar um boletim de ocorrência do caso.

O que diz o SetraBH

"O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte – SetraBH – informa que a orientação para os profissionais condutores é de realizar a cobrança da tarifa, desde que não tenha nenhuma ameaça ou risco a sua integridade. Em caso de agressão, verbal ou física, o profissional é orientado a acionar as forças de segurança Pública para intervir.

Nesse caso específico, nitidamente o motorista é ameaçado e agredido, quando cobra a passagem do usuário.

As cenas registradas pelas câmeras de segurança do coletivo, claramente, retratam a agressão e os crimes perpetrados pelo passageiro contra o motorista, tudo em violação aos artigos 129 e 176 do Código Penal Brasileiro.

A empresa irá registrar um boletim de ocorrência junto às forças de segurança.

O SETRABH se solidariza com o nosso profissional, vítima deste crime covarde, e está envidando todos os esforços para que tal atitute seja punida pela aplicação das penas previstas no Código Penal, bem como envidando os esforços para que não haja mais repetição desta cena criminosa e lamentável".

Com g1

Subcategorias

Links patrocinados MGID