Menu

Namorada descobre traição, manda ‘dar susto’ no companheiro e ele acaba morto

Um homem de 36 anos foi morto dentro de casa, no bairro Industrial, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta terça-feira (28). A ex-namorada dele, de 29 anos, disse à polícia que pediu para desconhecidos "darem um susto" no homem após descobrir uma traição, mas eles disseram que ela também participou do crime.

Homem foi encontrado morto dentro de casa, no bairro Industrial, em Contagem — Foto: Google Maps/ Reprodução (imagem capturada em fevereiro de 2022)Homem foi encontrado morto dentro de casa, no bairro Industrial, em Contagem — Foto: Google Maps/ Reprodução (imagem capturada em fevereiro de 2022)

A Polícia Militar (PM) foi acionada por um vizinho da vítima, que suspeitou que a casa ao lado tinha sido invadida. Os policiais entraram na residência e encontraram o corpo de Leandro Rezende Morais dentro do quarto. Ele estava apenas de cueca, com as mãos e pernas amarradas, um fio enrolado no pescoço e uma blusa cobrindo o rosto.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito.

Os militares verificaram a existência de diversas ocorrências envolvendo Leandro e a ex-namorada e foram até a casa dela, no bairro Tirol, no Barreiro, em BH.

Ela contou que tinha descoberto uma traição envolvendo o homem e uma amiga. A mulher disse que ficou transtornada e, na noite de terça-feira (28), estava chorando em uma praça no bairro Mangueiras, no Barreiro, quando um desconhecido se aproximou e perguntou o que estava acontecendo.

Ela contou da traição e falou que era constantemente agredida pelo companheiro e, segundo ela, o homem se ofereceu "para dar um susto" em Leandro.

Eles combinaram de se encontrar na praça mais tarde, mas, quando a mulher voltou ao local, três homens diferentes estavam aguardando-a para ir até a casa de Leandro. Conforme a mulher, os homens pularam o muro da residência e ficaram cerca de 20 minutos lá dentro, enquanto ela aguardava do lado de fora.

Os militares conseguiram encontrar dois suspeitos, que deram uma versão diferente. Eles disseram que estavam na praça quando a mulher se aproximou e pediu que dessem um susto no namorado e roubassem a casa dele. Ambos afirmaram que ela entrou na casa de Leandro e chutou o rosto dele.

O terceiro suspeito de envolvimento no crime não foi localizado.

Com g1



Publicidade

Links patrocinados MGID