Menu

Madrasta é suspeita de jogar enteado de 6 anos do 4º andar de prédio

Um menino de seis anos foi jogado do 4º andar de um edifício no bairro Cidade Universitária, em Maceió. O pai da criança disse que a esposa dele, madrasta da criança, cometeu o crime na madrugada desta segunda-feira (23) após uma crise de ciúmes. A mulher foi presa horas depois e confessou.

Hospital Geral do Estado de Alagoas (HGE), em Maceió — Foto: Carla CletoHospital Geral do Estado de Alagoas (HGE), em Maceió — Foto: Carla Cleto

A criança deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE) às 2h40, e seu estado de saúde é considerado estável.

O menino teve ferimentos no rosto e escoriações pelo corpo. A equipe médica avalia a necessidade de realização de uma cirurgia para conter sangramentos.

A informação da prisão da suspeita foi confirmada ao g1 pelo delegado Fábio Costa, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Capital. O caso é investigado como tentativa de homicídio.

Relato do pai

O pai do menino relatou ao conselheiro tutelar da 8ª Região, Ewerton Pita, que o menino estava morando com ele e a madrasta há cerca de 8 meses, desde que a mãe dele faleceu.

O casal estava bebendo, mas, segundo o homem, ele decidiu subir para o apartamento antes da companheira, já que a mulher queria continuar bebendo na área comum do condomínio em que moram. Ele diz que colocou o filho para dormir e desceu novamente, quando viu a mulher brigando com uma vizinha.

"A gente sempre brigava por causa de ciúmes, mas eu não imaginei que ela fosse capaz de fazer isso com o meu filho", disse o pai da vítima em entrevista à TV Gazeta.

Com g1

 



Publicidade

Links patrocinados MGID