Menu

Guarda Municipal incinera material apreendido em operações de combate ao uso de cerol e linha cortante

A Guarda Civil Municipal de Sete Lagoas (GCM) lançou em 2020 a campanha “Corte essa ideia”, com foco na conscientização quanto ao risco de utilização de linhas cortantes para soltar pipa e também manteve uma rotina de fiscalização da prática proibida por lei. Dezenas de notificações e apreensões foram realizadas na cidade e, nesta sexta-feira, 9 de abril, todo o material foi incinerado em uma siderúrgica localizada na BR-040.

Foto: Ascom PMSLFoto: Ascom PMSL

Soltar pipas é uma das brincadeiras mais populares entre as crianças e adolescentes e, nesta época do ano, essa atividade ganha mais força devido à intensidade dos ventos. Assim como em 2020, a fiscalização será antecipada mais uma vez devido ao período da quarentena e suspensão das aulas presenciais, onde crianças e adultos aproveitam o momento para soltar pipas.

O balanço da GCM mostra que, entre julho e agosto de 2020, foram realizadas 14 operações, atendidas 46 denúncias via 153 e lavrados 75 autos de notificações. Por meio deste trabalho foram apreendidos 106 tubos de linhas cortantes, sete frascos com cerol e 26 pipas. “Consideramos que a campanha alcançou seu objetivo, já que o número de ocorrências diminuiu consideravelmente após o início da fiscalização, que é importante ressaltar, é regulamentada por Lei Estadual e Decreto Municipal”, avalia o agente da Guarda Municipal, J. Silva.

Riscos

Somente em 2020 mais de 20 pessoas foram atendidas na UPA e no Hospital Municipal de Sete Lagoas vítimas de acidentes com linhas cortantes. Dois desses casos foram graves, quando motociclistas tiveram lesões profundas no pescoço. Além de representar risco à vida humana, a utilização deste tipo de material gera prejuízos ao danificar a rede de distribuição de energia elétrica.

“Recomendamos que a prática de soltar pipa seja realizada em locais seguros onde não haja rede elétrica, nem vias de tráfego. Solicitamos ainda que os pais orientem seus filhos quanto à proibição do uso de cerol e linha chilena e quanto aos riscos que o descumprimento desta norma pode causar à comunidade”, ressalta o comandante da Guarda Municipal, Sérgio Andrade.

Blitz

Também em 2020, a Guarda Municipal realizou uma blitz educativa tendo como foco os motociclistas de Sete Lagoas. Durante a ação, os agentes orientaram os condutores com dicas de segurança para que não se tornem vítimas de acidentes envolvendo as linhas cortantes. Também foram instaladas antenas corta-linha em motocicletas que estavam sem o equipamento de proteção. A ação foi realizada em frente ao CAT-JK e na avenida Norte Sul, próximo ao Boulevard Shopping.

Com Ascom PMSL





Publicidade

Links patrocinados