Menu

Tensão: homem mantém filha de 3 anos refém por 12 horas e ameaça matá-la

Durante 12 horas, a Polícia Militar de Barbacena, no Campo das Vertentes, negociou com um homem que mantinha a filha, de 3 anos, como refém. A mãe da criança, de 37 anos, chamou a PM, por volta das 16 horas desse sábado, (27), por meio do 190. Ela explicou aos policiais que tinha um acordo amigável com o ex-marido, de 38 anos. Ele, geralmente, ficava com a filha aos sábados ou aos domingos e devolvia a criança sem nenhum problema.

Foto: Facebook/ReproduçãoFoto: Facebook/Reprodução

No entanto, após uma discussão com a atual companheira, de 50 anos, a atitude do suspeito mudou. Durante a briga, a mulher chegou a dizer que gostaria de se separar do criminoso, já que ele gostava da ex-mulher. Depois disso, ele teve uma espécie de surto e se trancou com a filha em um quarto. Para evitar a entrada de outras pessoas no cômodo, ele travou a porta com móveis. A mulher de 50 anos deixou a residência.

Ameaça

Depois, ele passou a enviar áudios e vídeos para a ex-mulher informando que não devolveria a filha. Nas filmagens,ele mostrou uma faca e disse que ele e a garotinha só saíriam da residência mortos. A ex-mulher, inclusive, tem uma medida protetiva em desfavor do homem, que o proíbe de manter contato com ela por qualquer meio de comunicação.

Negociação

Os militares, então, foram até a casa da família e iniciaram uma conversa com o homem. Enquanto isso, outra equipe da PM tentou, sem sucesso, abrir a porta ou a janela do quarto. Como as ameaças não cessaram, foi preciso chamar militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), guarnições do Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e uma equipe do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu).

Em um determinado momento, o autor concordou em jogar duas facas para fora do quarto. Por segurança, o Bope cercou o perímetro, e, depois de horas, o homem aceitou entregar a criança para um dos militares pela janela. A menina foi, imediatamente, levada até a mãe.

Depois de mais quatro horas, já na madrugada deste domingo (28), o homem aceitou retirar os móveis que travavam a porta e se entregou. Ele foi preso e levado para a delegacia da região. Uma fala e um celular foram apreendidos.

Da Redação com OTempo





Publicidade

Links patrocinados