Menu

Casos de estelionato digital explodem no Brasil e aumentam mais de 500% em Minas

O crime de estelionato, quando a vítima é enganada pelo ladrão, teve uma explosão no Brasil e aumentou quase 180%, ou seja, praticamente triplicou entre 2018 e 2021, segundo dados do anuário do Fórum Nacional de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28). O estelionato por meios eletrônicos - como os golpes de WhatsApp - tiveram um “boom” ainda maior e aumentaram quase 500% no país. O Brasil teve 1,2 milhão de registros de estelionato no último anos e 60,5 mil crimes foram praticados por meio eletrônico.

Foto: Reprodução InternetFoto: Reprodução Internet

O crime avançou em todos os Estados e apenas o Maranhão não registrou os números dos últimos dois anos. Em Minas Gerais, a situação não é diferente e o estelionato escalou 160% no mesmo período, com alta ainda maior que a nacional de estelionato por meio eletrônico, chegando a 546%. Em 2021, 28,5 mil crimes desse tipo foram registrados no Estado e 112,8 ocorrências de estelionato em geral.

Hoje, o estelionato é o crime mais comum em Minas, segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Na lista de ocorrências no meio digital, entram uma série de crimes que se tornaram conhecidos, como criminosos se passando por parentes da vítima no WhatsApp e pedindo dinheiro e lojas online falsas com a promessa de grandes promoções.

da Redação com OTempo



Publicidade

Links patrocinados MGID