Menu

Secretário de Estado de Saúde não acredita em terceira onda da covid-19 em Minas

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, não acredita que Minas Gerais vá passar pela terceira onda covid-19. A declaração foi feita durante entrevista ao jornalista Eduardo Costa, no programa Chamada Geral, da Rádio Itatiaia, desta sexta-feira (18).

Foto: Erika Oliveira / ItatiaiaFoto: Erika Oliveira / Itatiaia

“Se Deus quiser, não. Acredito que não. Nós temos um número alto, mas em relação ao número de pacientes aguardando por leitos e ocupando o sistema de saúde, acredito que o pior já tenha passado. Como os hospitais ainda estão muito cheios porque esse paciente demora ter alta porque é mais jovem, qualquer número a mais de casos pode colapsar a saúde. Agora, em relação ao número de óbitos e chegar aquele pico que nós vivenciamos há um mês, acredito que não”, afirma.

Transferência de pacientes

Fábio Baccheretti explica que para tentar evitar os agravamentos de casos o governo está fazendo a transferências de pacientes. “Estamos transferindo os pacientes. Caratinga, se destaca muito nisso. A cidade está em uma região com pouca uma incidência muito baixa e muitos leitos. Um hospital em Caratinga tem 125 leitos para covid-19. Então, transferimos pacientes das regiões do Oeste de Divinópolis e Triângulo Mineiro para Caratinga”, exemplifica.

Sobre as sequelas deixadas pela covid-19 em pessoas que se curaram da doença, Fábio Baccheretti fala que algumas não têm cura. “Muitas sequelas e muitas doenças pulmonares. Algumas podem ser curadas e outras ficarão para o resto da vida.”

Com Itatiaia

 





Publicidade

Links patrocinados