Menu

TRE fecha 41 postos de atendimento no interior de Minas Gerais; veja mudanças

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) informou nesta terça-feira (19) que extinguiu, no final do ano passado, por meio de resolução, 41 postos de atendimento que funcionavam no interior do Estado desde 2017. A medida, segundo a Corte, foi tomada para "racionalizar custos em um cenário de fragilidade econômica do país e equacionar o funcionamento dos cartórios eleitorais, em função do déficit de pessoal e da impossibilidade de provimento de cargos vagos".

Foto: Reprodução/Google StreetViewFoto: Reprodução/Google StreetView

Veja a relação dos postos extintos e em qual local o serviço vai ser alocado

A resolução que trata sobre a extinção foi assinada pelo desembargador Alexandre Victor de Carvalho em 17 de dezembro com efeito a partir do dia 20 do último mês. Segundo a assessoria do Tribunal mineiro, "os serviços prestados pelos postos de atendimento serão absorvidos pelas zonas eleitorais a que estavam vinculados". "Os eleitores dos 41 municípios não terão prejuízo no atendimento, pois vários dos serviços podem ser feitos pela internet, como a emissão de certidões e de guias para pagamento de multas. As solicitações de emissão do título de eleitor, transferência, regularização e revisão podem ser feitas por meio do sistema Título Net, dispensando o deslocamento até o cartório eleitoral", diz o comunicado.​

Os eleitores que tiverem dúvidas sobre atendimento e outras questões podem entrar em contato com a Justiça eleitoral pelo Disque Eleitor no número 148.

Com O Tempo





Publicidade

Links patrocinados

 
O SeteLagoas.com.br utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência!