Menu

Mini-expedição do IMA discute incentivo para agroecologia

A mini-expedição Do Agrotóxico à Agroecologia que ocorreu durante a Expedição pelo Velhas 2009 em Santa Luzia, discutiu ações para incentivar produtores rurais a cultivar produtos em sistema orgânico. Organizado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), o evento contou com a participação de membros do Projeto Manuelzão, do Instituto Mineiro de Proteção Ambiental (Impra) de Santa Luzia, de produtores rurais, de um jornal local, além de técnicos do IMA.

Reunidos no Sítio Jatobá, os participantes relataram a situação da região de Santa Luzia e as possíveis medidas para reduzir o impacto ambiental, provocado por indústrias, produtores que aplicam agrotóxicos sem cuidados e outros fatores. O produtor rural Roberto Orzil, afirmou que percebe uma falta de divulgação das ações de preservação voltadas para a comunidade de Santa Luzia. “Gostaria que o pessoal do Manuelzão atuasse mais na região, no sentido de difundir a cultura de conservação ambiental. A conscientização da sociedade é que vai concretizar as metas do projeto”, finalizou.

O objetivo do encontro foi promover uma mudança de hábitos em produtores rurais em relação à utilização de agrotóxicos e incentivar a certificação de produtos orgânicos. Na região ainda não é comum a cultura em sistema orgânico. Ao final da mini-expedição ficou definida a formação de um grupo de trabalho com representantes de cada órgão ali presente e outros interessados, para levantar dados atualizados da região, para então propor um plano de ação voltado para a redução de poluição no entorno do Rio das Velhas.

Após duas horas de discussão, uma carreata seguiu rumo à Fazenda Boa Esperança onde está acontecendo o Festivelhas, evento cultural da Expedição 2009. Na chegada, o técnico do Núcleo de Meio Ambiente do IMA, Alexsander Souza, fez a entrega de um certificado simbólico, que foi guardado na arca do Projeto Manuelzão.

Em 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, acontecerá um grande encontro para marcar o encerramento da Expedição. Na ocasião, a arca será aberta e seu conteúdo ficará em exposição, divulgando os avanços, os desafios, a cultura e a história da bacia do rio das Velhas e do seu povo.

Certificação de orgânicos

Para ser certificado pelo IMA, o produtor deve procurar a unidade mais próxima de sua propriedade e preencher um requerimento específico. É marcada uma auditoria no local para verificar se há cumprimento dos requisitos estabelecidos pelas normas editadas pelo Instituto e legislação vigente. Caso esteja tudo correto, a propriedade é certificada.

Além de não agredir o meio ambiente, os produtos vegetais produzidos em sistema orgânico fazem bem à saúde humana e tem maior valor agregado em sua comercialização.

Semana Orgânica

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), através da Coordenação de Agroecologia realiza, entre os dias 24 e 30 de maio, o evento denominado como V Semana dos Alimentos Orgânicos. O objetivo é esclarecer as dúvidas dos consumidores sobre o que são os produtos orgânicos, fazendo uma abordagem dos benefícios ambientais, sociais e nutricionais desses produtos, para estimular o seu consumo.

A campanha acontecerá em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal. Na programação consta a exposição dos produtos em gôndolas ou quiosques diferenciados, a degustação de produtos em supermercados e ainda eventos gastronômicos em parques e praças públicas.
 
 
 
Agência Minas


Publicidade

Links patrocinados MGID