Menu

Atlético vence Brasiliense e vai às oitavas de final da Copa do Brasil

Com apresentação comedida, o Atlético confirmou a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite deste domingo, o Galo dominou amplamente a partida de volta contra o Brasiliense e triunfou por 1 a 0, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica-ES. O gol da vitória foi marcado por Fábio Gomes, de cabeça, aos 16 minutos do primeiro tempo, após assistência de Savinho.

Foto: Pedro Souza/AtléticoFoto: Pedro Souza/Atlético

No jogo de ida, o Atlético superou o Brasiliense por 3 a 0, no Mineirão. Com a vantagem, o técnico Antonio Mohamed optou por uma escalação alternativa neste domingo e com três zagueiros na formação inicial. Titulares importantes da equipe, como Guilherme Arana, Hulk e Nacho Fernández, sequer foram relacionados. Allan, Nathan Silva e Alonso ficaram no banco.

Os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil serão definidos em sorteio da CBF, ainda sem data marcada. Todos os 16 clubes classificados podem se enfrentar na próxima fase. As datas dos jogos estão reservadas para os dias 22 e 23 de junho (ida) e 13 e 14 de julho (volta).

No próximo compromisso, o Atlético encerra a participação no Grupo D da Copa Libertadores, contra o Tolima, nesta quarta-feira, às 21h, no Mineirão. O Galo é o líder da chave, com 11 pontos, e está garantido nas oitavas de final do torneio sul-americano.

O jogo

Com formação alternativa, o Atlético não teve problemas no primeiro tempo. O Galo dominou amplamente a partida e teve 70% de posse de bola. Foram sete finalizações alvinegras contra apenas uma do Brasiliense - em cabeceio perigoso de Kaynan, defendido por Rafael, logo aos dois minutos de jogo.

O Galo abriu o placar aos 16 minutos. Savinho roubou a bola na intermediária, invadiu a área e cruzou na medida para Fábio Gomes. O camisa 9 subiu bem e cabeceou no canto esquerdo: 1 a 0. Sem apressar as ações ofensivas, o Atlético quase ampliou com Rubens, aos 25 minutos. Após confusão na área, o jovem ficou com a bola na cara do gol, mas finalizou na trave. Aos 35', Sasha ainda tentou em chute de fora da área, e o goleiro Sucuri defendeu com segurança, no canto esquerdo.

O roteiro do segundo tempo não mudou. O Atlético não se preocupou com a intensidade nas jogadas e seguiu controlando o adversário. No decorrer da etapa, em tentativa de aumentar a dinâmica do time, o técnico Antonio Mohamed sacou um dos três zagueiros, Réver, e colocou o meio-campista Guilherme Castilho. Pelo lado do Brasiliense, entraram os experientes Bernardo e Hernane Brocador.

Posteriormente, entraram Ademir e Felipe Felício no Atlético, nas vagas de Rubens e Sasha. Turco também aproveitou para dar oportunidades aos meio-campistas Guilherme Castilho e Neto. Apesar das alterações, o ímpeto do Galo não mudou. O time administrou a larga vantagem para confirmar o avanço às oitavas da Copa do Brasil.

Brasiliense 0 x 1 Atlético

Brasiliense: Edmar Sucuri; Andrezinho, Badhuga, Keynan e Goduxo; Aldo, Radamés (Tartá), Zotti (Bernardo); Luquinhas (Tobinha), Daniel Alagoano (Matheus Barboza) e Marcão (Hernane Brocador). Técnico: Celso Teixeira

Atlético: Rafael; Mariano, Igor Rabello, Réver (Guilherme Castilho), Godín e Rubens (Ademir); Otávio (Neto) e Calebe; Fábio Gomes, Sasha (Felipe Felício) e Sávio (Guga). Técnico: Antonio Mohamed.

Motivo: jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Estádio: Kléber Andrade, em Cariacica, Espírito Santo
Data: domingo, 22 de maio

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Da Redação com Superesportes



Publicidade

Links patrocinados MGID