Menu

Atlético recebe Bahia e tenta último suspiro na luta pelo título brasileiro

Depois de dois resultados frustrantes como visitante no Campeonato Brasileiro, o Atlético tenta dar o último suspiro para seguir vivo na luta pelo título. Na noite deste sábado (13), o Galo recebe o Bahia, no Mineirão, e precisa da vitória para seguir com chances de conquistar a taça da Série A. A bola rola no Gigante da Pampulha a partir das 19h.

Foto: Pedro Souza/AtléticoFoto: Pedro Souza/Atlético

Nas últimas duas rodadas, o Atlético perdeu para o Goiás e empatou com o Fluminense, ambos jogos fora de casa. Dos seis pontos em disputa, somou apenas um. Se tivesse vencido os dois jogos, estaria na liderança do Brasileiro.

Mas, a realidade é diferente. O Galo soma 61 pontos, cinco a menos que o líder Internacional. O Flamengo, em 2°, tem 65. Caso vença o desesperado Bahia, que luta contra o rebaixamento, o Galo seguirá com chances de título.

E o maior trunfo do Galo na partida é o Mineirão. No Gigante da Pampulha, o Galo soma 42 pontos em 51 possíveis. São 13 vitórias, três empates e uma derrota, com 38 gols marcados e 12 sofridos.

Atlético

O técnico Jorge Sampaoli mantém o mistério para o duelo decisivo para as pretensões das duas equipes na Série A. Enquanto o Atlético sonha com o título, o Bahia luta contra o rebaixamento.

Para o jogo deste sábado, o time alvinegro não contará com o volante Allan (suspenso por acúmulo de três cartões amarelos) e o atacante Keno (ainda em recuperação de lesão no cotovelo esquerdo).

Por outro lado, terá de volta o também volante Jair. Ele cumpriu suspensão no empate sem gols com o Fluminense, nessa quarta-feira, no Maracanã.

No meio-campo, Alan Franco e Nathan disputam uma vaga ao lado de Hyoran e Jair. No ataque, Marrony, que entrou bem nas últimas partidas, pode ganhar a disputa com Vargas ou Sasha (nesse último caso, o chileno seria deslocado da ponta esquerda para o centro).

Bahia

A provável escalação do Bahia é um grande mistério. A equipe tricolor tem uma série de desfalques, como os goleiros Douglas (questões físicas) e Anderson (questões pessoais), o volante Edson (COVID-19), os meias Ramírez (lesão no joelho) e Daniel (suspensão), além do atacante Thiago (COVID-19).

A lista de ausências é ainda maior. Em entrevista nesta sexta, o técnico Dado Cavalcanti revelou que outros atletas do elenco estão com sintomas de coronavírus.

A assessoria de comunicação do clube informou que alguns jogadores estão com sintomas e foram preventivamente isolados, mas garantiu que ainda os resultados dos exames ainda não saíram.

De acordo com o que foi publicado pela imprensa local, o Bahia pretende revelar quem são os desfalques apenas no sábado, momentos antes de a bola rolar.

Com Superesportes





Publicidade

Links patrocinados