Menu

Casa de umbanda de Sete Lagoas é depredada neste domingo

Um ataque de intolerância religiosa foi registrado no Centro Espiritualista de Umbanda São Cosme e São Damião, localizado no bairro Santa Luzia, em Sete Lagoas, na manhã deste domingo (9). O local foi invadido, teve elementos religiosos revirados, além de depredação e roubo de materiais.

 No vídeo que circula no Instagram, é possível ver as avarias deixadas no local / Foto: reprodução Instagram - Luiza CattabrigaNo vídeo que circula no Instagram, é possível ver as avarias deixadas no local / Foto: reprodução Instagram - Luiza Cattabriga

Divulgado nas redes sociais ainda ontem, os locais sagrados como altares dentro do Centro foram revirados e quebrados, como os fundamentos de Ogum e Exú; um banheiro foi depredado e bebidas foram furtadas.

A dirigente do Centro Espiritualista Maria de Ávila Silva gravou um vídeo relatando os incidentes acontecidos no local, e apontou que apesar de aparentar um suposto roubo, materiais de valor do local não foram levados. "Cataram várias coisas aqui; mas não me parece que foi apenas roubo. Eu penso que foi um roubo ou também intolerância religiosa", comenta a dirigente, dizendo em tom de denúncia.

Integrantes do centro começaram, nesta segunda-feira (10) pelas redes sociais, uma campanha para custear os prejuízos causados pelo ataque ao local.

A reportagem do SeteLagoas.com.br entrou em contato com integrantes do Centro Espiritualista São Cosme e São Damião, mas ainda não obteve retorno. O espaço continua aberto para manifestações.

Da redação



Publicidade

Links patrocinados MGID