Menu

Boletim desta quinta registra 62 novos casos de COVID e 2 óbitos; eventos são liberados com até 30 pessoas

Com uma alta de 0,5% nas notificações de casos suspeitos de Covid-19 nas últimas 24 horas, Sete Lagoas tem hoje 1.212 pessoas com sintomas gripais sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde, número 12% menor do que na semana passada, quando 1.379 pessoas eram acompanhadas, e 2.924 pessoas que já tiveram este acompanhamento concluído. Os testes com resultado negativo já somam 22.426 desde o início da pandemia.

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

De ontem para hoje, foram registrados 62 novos casos positivos: 29 mulheres e 33 homens. Dois óbitos em decorrência de complicações da Covid ocorreram ontem: uma mulher de 84 anos que estava internada na UPA e um homem de 87 anos que estava internado no Hospital Municipal. Assim, Sete Lagoas soma 10.582 contaminações desde o início da pandemia, entre elas, 174 óbitos, 34 hospitalizados com resultado positivo para Covid, 302 pessoas em isolamento domiciliar e 10.072 já recuperadas.

Hospitalizados
Hoje são 65 pacientes internados por causas respiratórias na cidade, sendo 28 em enfermaria e 37 em UTI. Nos leitos de UTI são 26 pacientes de Sete Lagoas, três de Papagaios, três de Paraopeba, e os demais de Baldim, Paineiras, Prudente de Morais, Morada Nova de Minas e Pompéu. A taxa de ocupação de leitos de UTI no SUS e na rede particular está hoje em 67,27%. Já a taxa de ocupação de leitos exclusivos do SUS na cidade está em 53,33%.

No Hospital Municipal são 30 internações (21 delas em UTI), no Hospital Nossa Senhora das Graças são 13 internações, sendo sete em UTI, uma delas do SUS. No Hospital da Unimed são 14 internados, sendo sete em UTI, e na UPA são oito internações, duas delas em UTI. Entre os 65 internados, 45 testaram positivo, cinco têm resultado negativo e 15 aguardam resultados de exames.

Letalidade

Comparando a cidade com outros quatro municípios mineiros com população entre 200 mil e 300 mil habitantes, Sete Lagoas segue com a menor taxa de letalidade da doença, hoje em 1,63% (10.520 contaminações e 172 óbitos). Em Divinópolis é de 2,33% (6.824 contaminações e 159 óbitos), em Santa Luzia é de 3,41% (4.950 contaminações e 169 óbitos), em Valadares é de 3,66% (15.680 contaminações e 574 óbitos) e em Ipatinga é de 2,14% (19.226 contaminações e 412 óbitos). As informações foram obtidas junto aos boletins epidemiológicos de cada município e atualizadas ontem.

Minas Consciente

O programa Minas Consciente, do Governo de Minas, foi novamente atualizado ontem. A macrorregião central, da qual Sete Lagoas faz parte, segue na onda vermelha do programa. Já a microrregião de Sete Lagoas regrediu da onda amarela para a onda vermelha. Porém, nesta terceira fase do Minas Consciente, todas as atividades ficam permitidas em todas as ondas, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas. No caso da onda vermelha, os estabelecimentos comerciais devem ter distanciamento linear de 3 metros entre as pessoas, capacidade de 10m2 por cliente, um máximo de 30 pessoas por evento e limite de ocupação de 50% para hotéis e atrativos naturais e culturais. Esta atualização vale a partir deste sábado e tem validade de sete dias.

Já em relação ao retorno das aulas presenciais, o Governo de Minas apresentou ontem um novo protocolo, com critérios a serem seguidos pelas escolas. Segundo o governo, o retorno será facultativo, gradual, alternado e com ensino híbrido. A retomada do ano escolar nas escolas da rede pública de Minas Gerais será no dia 3 de março. Já a volta às aulas será no dia 8 de março, a princípio, ainda restrita ao modelo remoto, em razão de decisão judicial em caráter liminar que impede o retorno de forma presencial. Confira AQUI os detalhes do protocolo. http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticia/governo-de-minas-apresenta-novo-protocolo-para-volta-as-aulas-presenciais-com-criterios-a-serem-seguidos-pelas-escolas

Vacinômetro

Até esta quarta-feira, 24 de fevereiro, foram vacinados com a primeira dose 5.168 trabalhadores da saúde e 1.849 idosos. Já receberam a segunda dose 3.598 profissionais da saúde e 124 idosos, todos moradores de asilos. No total, 7.017 pessoas já tomaram a primeira dose da vacina e 3.722 foram vacinados com a segunda dose. Enquanto não chega a sua vez, continue seguindo as recomendações de uso de máscara, higiene frequente das mãos e distanciamento social. Dúvidas: 3773-2576 | Denúncias: 153 | Informações: www.setelagoas.mg.gov.br/coronavirus

Com Prefeitura de Sete Lagoas





Publicidade

Links patrocinados