Menu

Chuva mal começa e já destrói moradias e sonhos no Jardim dos Pequis II

“É um sonho que está sendo destruído”. A frase de Júlia Graziele, mãe de três filhos, define bem o sentimento dos moradores do Jardim dos Pequis 2. A tempestade de vento que caiu no fim da tarde dessa quarta-feira, 31, em Sete Lagoas, deixou um rastro de destruição por todo bairro entregue há menos de um ano para famílias de baixa renda beneficiadas pelo programa Minha Casa Minha Vida.

Quarto da filha de Janaína ficou destruído / Foto: Juliana Nunes Quarto da filha de Janaína ficou destruído / Foto: Juliana Nunes

“Foram cinco minutos de chuva, mas ventou demais. Quando vi as telhas estavam voando pra todo lado”, explica Fágner Vinícius, de 14 anos, que estava sozinho em casa na hora da tempestade. Um pequizeiro de mais de três metros de altura caiu em cima de parte da casa de Janaína Silva Brito destruindo o quarto da filha de onde saiu momentos antes da tragédia. “Nasci de novo. Na hora que tirei minha filha do quarto e saímos a árvore caiu em cima destruindo tudo”, afirma mostrando o quarto da filha parcialmente destruído.

A ventania destelhou as casas e os forros não resistiram ao peso / Foto: Juliana NunesA ventania destelhou as casas e os forros não resistiram ao peso / Foto: Juliana Nunes

A chuva de vento no Jardim dos Pequis explicitou a fragilidade da estrutura das casas de aproximadamente 40m² entregues pelo Minha Casa Minha Vida. O único lugar que possui laje é um pequeno corredor de pouco mais de um metro que sustenta a caixa d’água. “Peguei as meninas (duas filhas) e fiquei no corredor só chorando. Foi desesperador”, desabafa Andréa Rocha.
 
Várias casas ficaram destelhadas / Foto: Juliana NunesVárias casas ficaram destelhadas / Foto: Juliana Nunes

Os moradores reclamam da falta de ajuda por parte das autoridades locais. “Ninguém veio aqui pra falar nada. Estamos abandonados e sem saber o que fazer. Sou diarista e não posso deixar minha casa aqui. Se não trabalhar não tenho meu sustento, o que eu faço”? Questiona Janaína. Segundo vários atingidos apenas a Defesa Civil foi ao local ver a situação. Sem poder fazer muita coisa orientou os moradores a deixarem algumas casas pelo estado em que ficaram. “Pediu pra gente sair, mas vamos ir pra onde?”, pergunta Júlia Graziele.

Moradores vão passar o dia limpando os estragos / Foto: Juliana NunesMoradores vão passar o dia limpando os estragos / Foto: Juliana Nunes

O prefeito eleito e deputado federal, Márcio Reinaldo, está em Brasília cumprindo agenda de trabalho. Por telefone em entrevista à uma radio da cidade, Reinaldo garantiu que “já entrei em contato com Caixa (CEF) para saber o que ser feito pelos moradores. Vamos entrar em contato com a Defesa Civil para saber também se podemos decretar algum tipo de estado de emergência para que algo seja feito, não podemos deixar o povo do jeito que está”, disse o prefeito eleito. 

Veja mais fotos da tragédia causada pelas chuvas na quarta-feira, 31, no Jardim dos Pequis 2.  






Por Marcelo Paiva e Juliana Nunes


Publicidade

Comentários   

Cristiano
0 #19 Cristiano 05-11-2012 07:40
O sistema que contribui para esse tipo de situação. Junta um governo que quer ser assistencialist a sem ter condições. junta um banco público para resolver os problemas e ainda junta o processo licitatório que beneficia sempre aquele que paga menos e dá nisso ai. Agora a questão é: as novas casas que serão entregues serão mais problema?
Citar
cristine
+5 #18 cristine 03-11-2012 01:10
Que vergonha desse projeto, não fazer casa com laje, fizeram com material mais barato e com certeza superfaturaram pro bolso deles ...... E agora ta chuvendo como ficam essas vidas ??? AUTORIDADES se que que podem ser chamados assim, voces vão refazer e com laje ? Cade voces do projeto. Vão pra Tv , SBT, etc, queridos moradores do jardim dos pequis.
Citar
cristine
+3 #17 cristine 03-11-2012 01:07
O Carlos e a Joice estão certos, eles falam defendendo os moradoress sr. santos. Vc nao entendeu ? Veja a estrutura frágil dessas casas ????
Citar
Hermes
+2 #16 Hermes 02-11-2012 17:01
[quote name="Kátia Simão"]O PT compra o povo com programas sociais, casas populares e outras "merrecas". A população fica agradecida e coloca a quadrilha petista no comando. Tá aí a recompensa para o povo: casinhas sem segurança. É uma pena o que aconteceu em Sete Lagoas, mas isso serve pra mostrar que o governo "mascara" as coisas e compra o povo com ninharia para sobrar mais dinheiro pros seus bolsos. #INDIGNAÇÃO
Katia. Você deveria pensar antes de falar besteiras,o que aconteceu la passou também em outros locais da cidade com casas seguras e locais até requintados. Não sou militante de nenhum partido politico pois ha 28 anos não voto em ninguém. Pense antes de falar asneiras e também procure se informar....
Citar
denise oliveira
+1 #15 denise oliveira 02-11-2012 14:50
o programa do governo não é minha casa minha vida e sim minha casa minha dívida.rsrrs
Citar
Raimundo
+1 #14 Raimundo 02-11-2012 12:27
Culpa da chuva ou das casa mal construídas e planejadas? eis a questão.
This is Brazil.
Citar
GUSTAVO NASCIMENTO MARTINS DA ROCHA
+3 #13 GUSTAVO NASCIMENTO MARTINS DA ROCHA 02-11-2012 08:08
Passei la na hora,foi uma destruiçao total,a C.E.F.isso so tem nome nao ajuda em nada,a prefeitura nesse final de mandato do maroca piorou foi 04 anos sem prefeito vai passar uma bomba para o prefeito eleito.Que deus proteja essas familias nesses meses chuvosos.
Citar
rosilene  aparecida magalhaes
+1 #12 rosilene aparecida magalhaes 02-11-2012 07:18
na verdade queria saber se fica execivamente impossível de se fazer estas casas com laje de verdade.e telhas de boa qualidade e pedreiros profissionais de verdade. se a base de uma casa tem que ter estrutura para a moradia não podem esquecer do teto. na verdade não sei de quem é realmente a culpa. de deus e dos ventos com certeza não são!!!
Citar
Flavio
+1 #11 Flavio 01-11-2012 23:23
Não é a chuva que destroi, é o proprio governo , que contrata incompetentes para construir casas que nao resistem a chuvas
Citar
Júlio César
+2 #10 Júlio César 01-11-2012 15:12
Não foi so em Jardim dos Pequis tambem foi no bairro BERNARDO VALADARES caiu umas telhas aqui em casa não so na minha na casa dos meus vizinhos cairam os telhados da casa deles.
Mas no bairro JARDIM DOS PEQUIS a casa do governo MINHA CASA MINHA VIDA esta um lixo a obrigação do governo é de arrumar as casas fazer direito com toda dignidade porque os povos não merecem sofrer com casas destruidas e o governo ficar de braços fechados apesar que os moradores pagam as casas pra morar pra ter uma vida com dignidade.Isso não é vida para as pessoas morarem
Citar
Bruno César
+2 #9 Bruno César 01-11-2012 13:45
Janaína,

O pessoal dos direito (des)humanos não apareceram por ai? Estranho...

É vergonhoso, mas não assustador, assustador somente a inércia do povo.
Citar
Paloma
+4 #8 Paloma 01-11-2012 12:38
A prefeitura tem que bancar todo prejuizo.E essa foi apenas uma ventania fraca como essas pessoas vao continuar morando nessas casas quandop a chuva realmente começar vao ter que andar de sombrinha dentro da propria casa.
Bando de Miseraveis isso e uma vergonha
Citar
Kátia Simão
+1 #7 Kátia Simão 01-11-2012 12:25
O PT compra o povo com programas sociais, casas populares e outras "merrecas". A população fica agradecida e coloca a quadrilha petista no comando. Tá aí a recompensa para o povo: casinhas sem segurança. É uma pena o que aconteceu em Sete Lagoas, mas isso serve pra mostrar que o governo "mascara" as coisas e compra o povo com ninharia para sobrar mais dinheiro pros seus bolsos. #INDIGNAÇÃO
Citar
Érica silmara
+3 #6 Érica silmara 01-11-2012 12:24
Casinhas de papel, é só soprar o vento que tudo vai para os ares, e o prejuizo será de quem?
Me lembro da história dos três porquinhos, é melhor gastar mais e fazer uma casa segura.
Citar
Santos
+1 #5 Santos 01-11-2012 12:00
Sr. Carlos Silva e Srta Joyce Maia, acho que vocês não estão falando da mesma cidade onde resido, pq não foi so no Jardins dos pequis que aconteceu essa tragedia então antes de fazer esse tipo de comentario sobre as contruções e tipo de material usado nas obras, faça o favor de ir conher o lugar primeiro.
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Últimas Notícias - Cidade